O ex-procurador da República Deltan Dallagnol, que coordenou a força-tarefa da Operação Lava Jato, afirmou na noite desta terça-feira (22/3) estar “indignado” com a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de condená-lo a indenizar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por danos morais. 

“Pessoal, estou indignado com o sistema de Justiça! Os meus advogados estão estarrecidos”, disse Dellagnol em um vídeo que postou em seu canal no YouTube e compartilhou nas redes sociais. “Indignado! Vou ter que indenizar Lula por causa da Lava Jato!”, escreveu na legenda. 
A Quarta Turma do STJ determinou hoje (22/3) que Dallagnol indenize o ex-presidente Lula por dano moral devido à apresentação em PowerPoint que ligava o petista a esquemas de corrupção não comprovados.
“Brasileiros, entendam: é isso que acontece quando você dá a cara a tapa e luta contra a corrupção e a injustiça no Brasil. Essa é a reação do sistema, nua e crua. O Lula está saindo impune, impune! E nós estamos pagando o preço da corrupção”, disse

O ex-procurador questionou algumas vezes ao longo do vídeo se outros brasileiros vão se dispor a lutar contra a corrupção. “Quem ainda, nesse país, vai ter coragem de fazer o seu trabalho de investigar e punir criminosos e informar isso à sociedade depois dessa decisão do STJ de me condenar por eu ter apresentado conteúdo da acusação à sociedade?”
“Quem que vai querer sofrer esse tipo de represália? Trabalhar contra a corrupção? A Lava-Jato acabou? O combate à corrupção está virando cinzas? Corruptos tiveram seus casos anulados pelo STF, querem voltar às urnas e procuradores são punidos por fazer o seu trabalho”, disse. 
O valor da indenização ainda não foi acertado, e a decisão ainda cabe recurso.Fonte: Estadodeminas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.