Foto: Governo de SP
Por: Luciana Freire

O governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência João Doria (PSDB) afirmou nesta terça-feira (22) que pode “mais adiante” abrir mão de sua candidatura em nome da viabilidade de uma terceira via. 

O tucano afirmou que acredita que sua pré-candidatura, junto com a do ex-juiz Sergio Moro e a da senadora Simone Tebet (MDB) formam um “centro democrático” e que as três devem convergir para um único nome no futuro.

Doria participou de um evento promovido pelo banco BTG Pactual com investidores. A declaração foi dada após um questionamento sobre seu desempenho fraco nas pesquisas de intenção de voto, hoje na casa dos 2%.

“Não vou colocar o meu projeto pessoal à frente daquilo que sempre foi a índole, que me fez ter orgulho de ser brasileiro. O meu país, do povo do meu país, é mais importante do que eu mesmo. Se chegar lá adiante e, lá adiante, eu tiver de oferecer o meu apoio para que o Brasil não tenha mais essa triste dicotomia do pesadelo de ter Lula e Bolsonaro, eu estarei ao lado daquele ou de quantos forem os que serão capacitados para oferecer uma condição melhor para o Brasil”, disse.

fonte: metro 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.