Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de Itabuna, no sul da Bahia, confirmou que vive uma epidemia de dengue no município, com 791 casos da doença confirmados. As notificações da dengue dobraram entre abril e maio deste ano. A cidade ainda tem 88 casos de chikungunya e 8 casos de zika confirmados.

Em abril, Itabuna já havia emitido um alerta vermelho diante do aumento do número de casos de dengue, zika e chikungunya, arboviroses transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti. Até o dia 8 de abril, eram 440 casos suspeitos.

Em comparação com 2021, os registros da dengue cresceram quase 290%. Entre janeiro e junho do ano passado, a cidade teve 203 casos de dengue confirmados.

De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), outros 17 municípios baianos apresentam altíssimo risco para epidemia. O estado, no geral, vive um risco de epidemia, abordado na última edição do Jornal da Metropole. Entre janeiro e abril, foram notificados mais de 14 mil casos suspeitos de dengue, 9,2 mil de chikungunya e 557 de zika na Bahia. Isso significa um aumento de 8,3% em relação ao mesmo período de 2021.

Fonte: Metro1/Notícias do Interior da Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.