Foto: iStok

A Espanha pode se tornar o primeiro país da Europa a aprovar uma licença menstrual de 3 dias, para pessoas que sofrem de dores graves durante o período menstrual. A medida faz parte de um projeto de lei que deve ser encaminhado ao Executivo espanhol para aprovação na próxima semana.

A saúde menstrual é um dos pontos do projeto, que visa abordar alguns temas da saúde feminina, como também oferecer absorventes e outros produtos de higiene feminina para estudantes nas escolas. 

O ponto principal da nova legislação diz respeito à amplicação do acesso ao aborto pelas mulheres espanholas. A lei pretende permitir que jovens a partir de 16 anos possam realizar o procedimento sem autorização do país. 

Fonte: Metro1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.