Foto: Reprodução/Redes Sociais

Quatro homens morreram eletrocutados na manhã de domingo (27) enquanto tentavam fazer uma ligação elétrica clandestina de um poste para uma casa, na cidade de Valente, região Sisaleira do estado. O acidente aconteceu às margens da BA 120, em uma localidade rural conhecida como Raposa.

De acordo com informações, o grupo de homens puxava um fio do poste para uma casa, mas uma vegetação impedia que as vítimas continuassem o serviço. Elas resolveram lançar o cabo sobre as árvores quando o fio grudou em uma rede de alta tensão.

As vítimas foram identificadas como Diomarques Gordiano, Leilton Carneiro, Misael e Esmeraldo — os sobrenomes dos dois últimos não foram informados. Os corpos deles foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica do município de Serrinha.

Outras três pessoas que ajudavam as vítimas também foram eletrocutadas. Elas foram socorridas por populares e encaminhadas para uma unidade hospitalar de Serrinha. Não há informação sobre o estado de saúde delas. Em nota enviada à imprensa, a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) afirmou que  as análises técnicas indicam que, na verdade, um cabo utilizado irregularmente rompeu e atingiu o grupo de pessoas que manuseava a fiação.

“Equipes da concessionária constataram que a rede de distribuição não apresentou avaria e se manteve íntegra. A distribuidora lamenta a ocorrência e reforça que furto de energia coloca em risco a vida da população e de quem executa a irregularidade, além de ser crime previsto no Código Penal Brasileiro. Para inibir esta prática ilegal, a empresa promove ações de conscientização, alertando toda a sociedade para os riscos envolvendo fraudes e ligações clandestinas”, diz trecho do comunicado.

Fonte: BNews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.